Proposta de leitura orante no período de 21 a 27 Março

Segue abaixo a décima sexta proposta de leitura orante para a Igreja Batista do Caminho.

Período: 21 a 27 Março

Texto: Mateus 18:1-11

Método:

  • Leitura: O que o texto diz?
  • Meditação: O que Deus está me falando?
  • Oração: O que o texto me faz dizer a Deus?
  • Contemplação: Qual o meu novo olhar?

Sugestão de Inspiração:

2 ideias sobre “Proposta de leitura orante no período de 21 a 27 Março

  • Dia desses eu mandei um email para o Henrique Vieira. Disse para ele que, por mais que ele se esforçasse, eu não conseguia entender essa tal de “graça” da qual ele tanto fala, mas compreendo o conceito de “fé”. A melhor definição é dada por Paulo de Tarso: “A fé é a certeza daquilo que ainda se espera, a demonstração de realidades que não se veem”. (Hebreus 11: 1, tradução da CNBB) E Tiago diz ainda: “A fé sem obras está morta” (Tiago 2: 20)
    Tenho uma amiga que pratica o Espiritismo, como exposto por Allan Kardec. Pessoa que sofre o desprezo de muitos da sociedade, porque é uma travesti, que se esforça por ganhar a vida honestamente como cabeleireira. Pois se o Evangelho diz que quem acolhe uma criança em seu nome acolhe ao próprio Nazareno (Mateus 18: 5), a minha amiga abriu as portas de sua casa humilde (afetada pelas fortes chuvas da noite de 23/03/2016) e seu coração para três crianças, cuja guarda provisória conseguiu. Fez isso crendo que Jesus não lhe deixará faltar nada. E, no mês passado, precisou pedir pelo Facebook que os amigos a ajudassem com o material escolar dos meninos. Felizmente, muitas mãos solidárias se estenderam para essa família.
    E eu fico aqui pensando: quantas das pessoas que criticam essa travesti têm um coração tão generoso quanto o dela?

  • AYLAN KURDI

    Era só uma praia na Turquia
    Até vermos na areia um pesadelo:
    Nunca mais poderemos esquecê-lo
    – Tanto dói uma só fotografia.

    Um bebê pereceu na travessia
    – Do pobre pai frustrou-se o grande zelo.
    A imagem faz ao mundo mudo apelo.
    Acodem corações em romaria.

    Passeatas no Velho Continente
    Jamais a dor paterna estancarão
    Nem versos suprirão esposa ausente.

    Bebê que representa uma nação,
    Viúvo que lamenta toda a gente
    – Quanto vos vale a nossa compaixão?
    (1º de outubro de 2015)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com