Declaração de compromisso com o Reino de Deus

No último domingo tornamos público o posicionamento de fé e prática da nossa Igreja, que construímos juntos ao longo desses anos com oração, estudo teológico e partilha de experiências vividas entre nós.
Que o amor revelado em Jesus seja sempre nosso norte!

DECLARAÇÃO DE COMPROMISSO COM O REINO DE DEUS

Reconhecemos que a Igreja de Cristo deve resguardar sua autonomia frente ao Estado, aos partidos e às instituições.

Concordamos que o Evangelho de Jesus suplanta todo modelo de sociedade e vertente política, apontando para uma utopia de plena realização da condição humana.

Afirmamos também que o Evangelho não é neutro diante das injustiças históricas. Portanto, a Igreja também não deve ser.

Em toda Tradição Bíblica grita o compromisso de Deus com os pobres e os oprimidos. Em Jesus, Deus assumiu radicalmente a experiência do povo oprimido, confundindo ricos e poderosos.

Cremos que o Reino de Deus é feito de justiça, paz e alegria no Espírito Santo.

Cremos que justiça não é vingança; é retirar dos opressores seus instrumentos de privilégios para que os oprimidos tenham plena libertação. Justiça é igualdade na diversidade, pão repartido, fome saciada e liberdade para ser em plenitude.

Cremos que a paz não vem com armas, guerras e manifestações da violência. A paz é filha e fruto da justiça.

Cremos que a Alegria é um direito da Vida e um desejo do Coração de Deus. A Alegria só é plena em ambientes livres de opressões e de imposição de sofrimento.

Por isso reconhecemos a luta do povo negro, das mulheres, da comunidade LGBT, dos quilombolas, dos indígenas, dos sem-teto, dos sem-terra, dos ribeirinhos, dos trabalhadores e dos pobres como expressão justa de reparação histórica e de apontamento do Reino de Deus.

Cremos na necessidade de mudança no coração humano. Reconhecemos nossa precariedade, nossa finitude, nossa imperfeição. Precisamos muito uns dos outros, da comunhão, da comunidade de fé. Precisamos muito da bondade, da misericórdia, do amor e do carinho de Deus.

Cremos na força revolucionária do Amor. O amor que acolhe, respeita, se enche de compaixão, se alegra com a justiça e se revolta contra as opressões. O amor que não reproduz o ódio, não se utiliza da violência, não naturaliza a tortura, não comemora a morte, não se alegra com a prisão, mas se folga com a liberdade e promove Vida.

Amai-vos. Não armai-vos.

Todas e todos têm acesso à mesa. Venham, vamos, de mãos dadas. Em consolo mútuo nasce a esperança, desperta o grito, bate firme o coração e os lábios entoam louvores ao Amigo Jesus de Nazaré.

O futuro é de Deus, é dos pobres, é da Vida!

IGREJA BATISTA DO CAMINHO
Rio de Janeiro, 16/09/2018

7 ideias sobre “Declaração de compromisso com o Reino de Deus

  • estou extremamento emocionado, e feliz com o testemunho e compromisso de fé da igreja batista do caminho e seus membros. seguindo e sendo verdadeiras comunidades de jesus, honrando seu legado e sua mensagem.
    sou um evangélico afastado e me afastei não por vontade propria. mais fui afastado por ser homaafetivo e depois de anos, percorrendo igrejas,e varias denominações e recorrendo a metodos de “exorcismo” e “libertação” o que me levou o quase suicidio e uma depressão profunda.
    decidi ser feliz!
    mais sinto muita falta de uma comunidade cristã, tão comprometida com o evangelho.
    parabens! e muito emocionado com esse documento.
    ai como gostaria que vcs estivessem no ceara.
    abraços
    eduardo sousa

    • Mas você não está sozinho! Jesus te ama! Eu também! Onde quer que você esteja fique em Jesus! Só ele importa! Essas falas preconceituosas são dos homens e mulheres, não de Jesus! Fique firme! Olhe para o ALTO!

  • Achei minha igreja!!!! A igreja que prega e manifesta o verdadeiro amor genuíno sem julgamentos e opressão. Viva o amor! Viva a liberdade! Cristo Vivo está!

  • Aqui, de Campina Grande, Estado da Paraíba, cumprimentamos os irmãos da Igreja Batista do Caminho, após acompanhar a mensagem do Pastor Henrique, no site da Carta Capital.

    Verdadeiramente, a bem posta exposição vem a calhar, sobretudo com a desilusão vivenciada por quantos em tempos pretéritos, ao frequentarem templos, em cuja organização interna e institucionalizada, desprezam os ensinamentos de Jesus, o Cristo encarnado. Embora, o nosso desejo, como de muitos, seja a procura daquele homem de Nazaré, iluminado que traz aos corações o conteúdo da espiritualidade, essencialmente, não a encontramos nos templos. Daí, nosso Êxodo, em busca da essência do Cristianismo. Somos partícipes de um grupo formado por três famílias egressas de igrejas, nas quais não encontraram o Cristo Vivo, e, muito pelo contrário, a distorção da missão do Cristo, aqui na terra, onde esteve e ainda está. Semanalmente, sempre a cada quinta-feira, há cinco anos, nos juntamos para estudo da palavra e tecer comentário a respeito do mundo em que vivemos, focalizados no que Jesus faria aqui hoje.

    Gratos pela atenção.

    Francisco Assis do Nascimento e Maria das Neves Medeiros Nascimento

  • Me identifiquei com a comunidade!!! Assisti alguns vídeos no YouTube!!! Gostaria de multiplicar essa experiência na minha cidade!!!!!(Pedro Gomes.MS) prof.zezinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com